Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

Blog Restart

A Restart é um centro de formação profissional que constitui um espaço único de formação, produção e animação cultural em Lisboa.

Videojogo da RESTART comercializado pela BIODROID

 

 

No âmbito do projecto de final do Curso de Videojogos da Restart, André Silva, João Rodrigues e Sofia Lobato criaram EDDA.
O videojogo, concebido por alunos da Restart vai entrar no mercado já em 2012 e será comercializado pela Biodroid.

Este foi o primeiro ano de vida do Curso de Videojogos na Restart, um curso dirigido a estudantes e interessados na produção conceptual de videojogos e em desenvolver conhecimentos de game design que ambicionem integrar profissionalmente os mercados nacionais e internacionais da criação de jogos para consola, web e mobile.


VIDEOJOGOS

CARGA HORÁRIA
250h (+ 20h livres)

CONTEÚDOS
HISTÓRIA E INDÚSTRIA DOS VIDEOJOGOS
PRODUÇÃO E GESTÃO DE PROJECTO PARA VIDEOJOGOS
GAME DESIGN
INTERFACE E MECÂNICA DE JOGO
INTRODUÇÃO AO SCRIPTING E LINGUAGENS DE PROGRAMAÇÃO
LEVEL DESIGN
DIRECÇÃO ARTÍSTICA 2D e 3D
STORYBOARDS E CINEMATICS
PROJECTO FINAL FORMADORES

 

 

FORMADORES

António Saraiva | Gamedesigner BioDroid
Diogo Teixeira | Programador Zona Paradoxal
Jorge Vieira | Jornalista, Director Revista Smash!
Marco Leal | Environment artist
Tiago Carita | Game Designer Blueshark Studios
Nélio Códices | Produtor Battlesheep
Miguel Garção | VFX Artist Biodroid


PARCEIROS
Biodroid | www.biodroid-entertainment.com

Blueshark Studios | www.bluesharkstudio.com

Battlesheep | www.battlesheep.com

 

 

Mais info em www.restart.pt

FMI | Give Me Some Money



O emblemático "FMI", obra síntese do movimento revolucionário português com seus sonhos e desencantos, trouxe pela voz de José Mário Branco, uma consciencialização politica, mas essencialmente social do verdadeiro sentido de ser português, da vontade de se superar, de trazer de novo o espírito de inquietação sem descanso, enquanto tudo não estiver bem. Uma clara alusão ao passado glorioso de um povo, "que não se governa, nem se deixa governar". Inicialmente escrito em 1979, "de um jorro só", "FMI" é apresentado ao público no Teatro Aberto, em 1982, num ajuste de contas com uma geração e seus fantasmas. Não se sabe ao certo qual o impacto da obra na sociedade portuguesa da altura, mas a verdade é que da geração de hoje, poucos conhecem a mensagem que apesar de ter 25 anos desde a sua primeira edição, continua extremamente actual. E assim se propõe um "revisitar" creativo,a marcar os 25 anos, por vozes de hoje, para inquietar os mesmos fantasmas que no passado atormentaram José Mário Branco, e toda "uma nação de poetas".

Preço: 8€
Local: MusicBox, Cais do Sodré
Mais Info: http://www.myspace.com/fmi28junho
Pedro Azevedo- 91 28 98 567

FMI - Give me some money